Buscar
  • fernandorusso9

Precisamos falar sobre bem-estar emocional

Atualizado: Jul 23


A solidão causada pelas restrições necessárias devido à pandemia do último ano afetou muito o bem-estar emocional de milhares de pessoas.


Estar sozinho, somado ao fato de ficar restrito ao convívio social mais o fato de, em muitos casos, ter uma sobrecarga de trabalho, fez com que a saúde psíquica entrasse em colapso.


Além disso, outros fatores também comprometeram o bem-estar emocional, como as constantes cobranças de alta produtividade, a necessidade de manter o corpo em forma, comer de maneira saudável, manter as relações interpessoais saudáveis, tudo isso em meio precisando encontrar um equilíbrio com uma pandemia, tornou o bem estar algo delicado e difícil de alcançar.


O que é saúde emocional?


O bem-estar se traduz em um equilíbrio da nossa saúde física e psicológica, elementares para que possamos realizar as nossas atividades com prazer e sem desgastar o corpo e a mente no processo. A saúde emocional é caracterizada pelo controle que cada pessoa tem em relação à sua capacidade de controlar seus sentimentos e emoções.


Assim como o corpo físico, a mente também fica doente, e quando a pessoa não tem o devido controle sobre suas emoções, algumas doenças podem surgir e prejudicar o bem-estar, como a ansiedade, o pânico e a depressão. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil tem apresentado dados preocupantes, estando entre os países que apresentam maior crescimento de depressão na América Latina, além de estar entre os países com maiores índices de ansiedade do mundo.


Como manter o bem estar emocional?


Para profissionais da psiquiatria, a solidão é reconhecida como um gatilho de transtornos de humor. Para driblar esse problema, além do acompanhamento profissional, existem algumas dicas que podem ajudar. Sendo elas:

Seja criterioso com as notícias e informações que você vai acessar.


Dependendo do seu nível de fragilidade, evite acessar grandes portais de notícia, ou se manter muito tempo nas redes sociais. Esses canais costumam gerar gatilhos emocionais para pessoas que já estão com o emocional sensível.


Tente se manter conectado com pessoas queridas


Mesmo sendo difícil, tente manter contato com pessoas que te façam bem. Seus pais, irmãos, aqueles amigos que te arrancam boas risadas. Esse tipo de ação contribui muito para o emocional, principalmente atrelado a criatividade, como por exemplo assistir o mesmo filme simultaneamente, ou realizar jogatinas online, etc.


Tome sol todos os dias

A falta de vitamina D pode ter diversos efeitos colaterais, além de deixar a imunidade fragilizada, a sua deficiência pode gerar fadiga, dores musculares, e o mais importante: desânimo constante.

Mesmo que seja apenas em uma pequena parte do corpo, tome sol por cerca de 30 minutos, preferencialmente antes das 10h ou depois das 16h.


Permita refeições livres quando achar necessário


A alimentação muitas vezes está ligada ao nosso emocional. É necessário sempre monitorar se as refeições não estão sendo um escape para emoções em descontrole.


Entretanto, alimentar-se não deve ser um ato de punição e nem de medo. A relação com a comida deve ser saudável, e se permitir comer um doce, ou um lanche quando se sente essa vontade, pode ajudar na liberação de serotonina, que pode contribuir para a melhora no âmbito emocional.


Mantenha um canal aberto com gestores e líderes


É comum ouvirmos de pessoas próximas, como o volume de trabalho aumentou. Mas também tem se tornado mais recorrente a compreensão de empresas, gestores e líderes em relação ao emocional dos colaboradores. Por isso, não sinta medo em reportar para sua liderança quando se sentir fadigado ou esgotado emocionalmente.


Sua saúde é importante para a empresa, mas muitas vezes é difícil identificar colaboradores que precisam de suporte, então sempre que possível, sinalize e peça ajuda.


E você, como tem lidado com o âmbito emocional? Gostaria de saber de vocês quais têm sido as "válvulas de escape” para tentar vencer esse período complicado, e assim, criarmos uma corrente de informações que possam ajudar outras pessoas também.


Precisamos cada vez mais tornar natural falar sobre saúde mental em todas as camas da sociedade, inclusive dentro dos setores corporativos. Quer saber mais sobre como implantar um sistema organizacional positivo para sua empresa? Conheça todos os serviços da GRS+Núcleo.


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo