Buscar
  • fernandorusso9

O que a ansiedade causa no corpo?

Atualizado: Out 6



Você se considera uma pessoa ansiosa? Sabe o que a ansiedade causa no corpo? E não estou falando sobre aquele sentimento de aflição que surge quando, por exemplo, estamos animados para encontrar alguém, mas sim uma apreensão que contém medo, preocupação e nervosismo.


Antes de aprofundar mais sobre o tema, é necessário dizer que: ter ansiedade é natural, mas ela não pode afetar o seu dia a dia. Ficar ansioso é uma característica comum do ser humano, que pode acontecer em diferentes escalas e motivos, como uma reação normal de defesa do corpo.


Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), 264 milhões de pessoas apresentam sintomas ou vivem com transtornos de ansiedade no planeta. O Brasil é o país que mais sofre com essa doença, atingindo 9,3% de brasileiros.


Muitas pessoas estão se tornando ansiosas atualmente. São muitos fatores no mundo e na sociedade que contribuem para isso: mercado de trabalho, vida financeira, política, constantes alterações na rotina e no estilo de vida, entre outras situações.


Como também pode se apresentar de maneira despretensiosa e sem explicação, a conjuntura pode surgir em decorrência de perturbação, traumas, podendo causar ou agravar transtornos psíquicos, como a depressão.


Essa condição de transtornos afeta a nossa saúde física e mental, querendo ou não. Falar sobre esse tema é extremamente importante para integrar conhecimento e compartilhar meios de como tratar as crises (ou evitá-las).


Quer saber mais sobre o que a ansiedade causa no corpo? Continue a leitura!


LEIA TAMBÉM: O que é síndrome de Burnout?


O que caracteriza os transtornos de ansiedade?


Existem variados níveis de manifestações de ansiedade, que podem aparecer em sintomas leves ou mais desconfortáveis. Essas condições se apresentam como um conjunto de características psiquiátricas desenvolvidas pela preocupação excessiva, circunstâncias de intimidação, advertência, ameaça, entre outros fatores negativos.


Durante as crises de ansiedade, o cérebro entende que em algumas situações, seja real ou imaginário, as pessoas não conseguem ter discernimento claro do presente e acabam sentindo uma grande tensão, às vezes sem uma causa evidente.


Nestes casos, os principais reflexos físicos deste distúrbio são:


  • Tontura;

  • Tremores;

  • Sudorese (transpiração em excesso);

  • Falta de ar;

  • Arritmia cardíaca;

  • Gagueira;

  • Insônia;

  • Desmaios.

  • Fobias;

  • Transtorno obsessivo compulsivo (TOC);

  • Ataque de pânico;

  • Transtornos de estresse pós-traumático;

  • Ansiedade generalizada.


LEIA TAMBÉM: 5 sinais de que o trabalho pode estar te prejudicando


Tipos de ansiedade

Segundo o Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, desenvolvido pela Associação Americana de Psiquiatria, existem diversos subtipos da doença. Confira abaixo as mais comuns:

  1. Transtorno de ansiedade generalizada: o TAD é clinicamente caracterizado por preocupação excessiva, associado com diversos dos seguintes sintomas da ansiedade: inquietação, sensação de nervosismo, cansaço, falta de foco, entre outros.

  2. Mutismo seletivo: o mutismo seletivo é relacionado a interações sociais, quando o indivíduo não consegue se comunicar, iniciar uma conversa ou responder reciprocamente.

  3. Transtorno de ansiedade de separação: essa disfunção é mais comum em crianças, porém pode ocorrer também na fase adulta. A ansiedade da separação é definida pela angústia em relação à separação por apego de algo ou alguém.

  4. Fobias específicas: esse quadro de transtorno, assim como o nome sugere, trata-se do medo excessivo em situações específicas, como, por exemplo andar de avião, entrar em um elevador, medo de altura, entre outros.

  5. Agorafobia: esse sintoma psicológico de ansiedade é causado quando o indivíduo tem insegurança ou medo em espaços que não considera seguros.

  6. Transtorno de ansiedade induzido pelo uso de substâncias: nesse caso, o transtorno tem como gatilho o uso de elementos como drogas, cafeína, álcool ou medicamentos.

O que a ansiedade causa no corpo?

A somatização dos sintomas da ansiedade podem gerar problemas físicos.

Os malefícios que os transtornos de ansiedade podem trazer para o organismo variam bastante de indivíduo para indivíduo. Há pessoas que sentem mais sintomas físicos, já outros acabam sofrendo com questões psicológicas.

A forte descarga de emoções e outros sintomas comuns em pessoas com crise, deixam o corpo automaticamente em estado de alerta extremo, isso causa manifestações como aceleração do coração, inquietação, nervosismo, entre outros sinais.

Nesses casos, quando o tratamento não é realizado pontualmente, com o passar do tempo, o estresse provocado pelo transtorno faz com que o sistema imunológico pare de executar suas principais funções, como produzir substâncias e células de defesa para o organismo.

E é justamente por essa falta de proteção que acabam aumentando o risco de desenvolver outras enfermidades. Além de diminuir as defesas do corpo, o excesso de cortisol (hormônio responsável por controlar o estresse), aumenta o risco de inflamações, envelhecimento precoce e o surgimento de doenças crônicas.


Quando paramos para pensar nos efeitos da ansiedade, uma das primeiras coisas que imaginamos são o coração acelerado, a sensação de pânico e dificuldades para respirar.

Porém, a quantidade de problemas relacionados à ansiedade é extensa:


Sistema Digestivo

Você já ficou com dor na barriga quando estava ansioso por algo? Nessa situação, o corpo acredita que está enfrentando um estado de perigo, e a reação é mudando sua dinâmica de defesa.


Por considerar que está enfrentando uma circunstância de estresse, o organismo libera no cérebro, o CRH (Hormônio liberador de corticotrofina), que tem como efeito espasmos e diarreia, assim como dores estomacais.


Porém, a relação entre o desconforto digestivo e a ansiedade é bem mais ampla. Durante uma crise de ansiedade, o aumento na produção de cortisol e insulina também podem gerar problemas, como:

  • Gastrites;

  • Úlceras;

  • Cólon irritável;

  • Náuseas;

  • Alergias a alimentos;

  • Prisão de ventre;

  • Redução de absorção de nutrientes e diabetes.

Coração e Pulmões A ansiedade tem sintomas parecidos com o medo, e dentro das possíveis ocorrências a sensação de sentir que o coração vai sair pela boca ou não conseguir respirar, são os sinais mais relatados.

Essas condições se dão porque, por estar ansioso, o indivíduo pensa que está com falta de ar e começa a respirar rapidamente, exalando mais oxigênio do que inala, esse processo chama-se hiperventilar. É por ser uma ação que gera grandes esforços e o aumento crônico dos níveis de hormônios, o corpo fica mais vulnerável a quadros como:

  • Hipertensão;

  • Infarto;

  • Doenças de base inflamatórias;

  • Asma;

  • Bronquite;

  • Doenças obstrutivas crônicas;

  • Entre outras complicações.

Pele

Você já deve ter notado que, quando está estressado, acaba surgindo fatores mais visíveis como olheiras, espinhas e ressecamento. A ansiedade é um gatilho para doenças relacionadas à pele, e pode ocasionar enfermidades, como:

  • Eczemas;

  • Vitiligo;

  • Caspa;

  • Alopecia;

  • Herpes e psoríase;

  • Dermatite;

  • Alopecia;

  • Entre outros.

As condições de um quadro ansioso podem prejudicar a barreira cutânea, levando a pele a apresentar situações inflamatórias, causando coceiras, feridas, descamação e, no caso do couro cabeludo, à queda de cabelo.


Precisamos falar sobre a ansiedade no ambiente de trabalho

A crise de Ansiedade no trabalho pode acarretar problemas como surgimento de transtornos psicológicos.

A relação entre saúde mental e trabalho é uma pauta que ganhou mais visibilidade no Brasil, principalmente durante a pandemia da Covid-19.


De acordo com uma pesquisa realizada pelo International Stress Management Association no Brasil (Isma-BR), quase metade dos trabalhadores brasileiros sofrem com algum tipo de doença relacionada à saúde mental, sendo que em 14% desses casos o problema é crônico.


A inclusão de temas sobre ansiedade, depressão, Síndrome de Burnout, dentro das camadas corporativas se tornou um fator importante para enfrentar o desafio de cuidar da saúde dos colaboradores.


Além de investir na reforma da cultura empresarial, como as empresas podem prevenir que seus empregados sofram com transtornos psicológicos?


Vale ressaltar que a crise de ansiedade, assim como outros problemas no trabalho pode acontecer por inúmeros motivos, como:

  • Excesso de tarefas;

  • Falta de reconhecimento;

  • Excesso de preocupação e responsabilidade;

  • Prazos curtos para serem cumpridos;

  • Preocupação com metas a serem atingidas;

  • Comunicação agressiva no trabalho;

  • Entre outras situações.

Considerando os fatores mencionados, a manifestação de ansiedade pode acarretar uma baixa autoestima, rendimento, foco, até o surgimento de transtornos psicológicos que possam comprometer resultados e o vínculo entre empresa e colaborador.


Para otimizar a vida ocupacional dos funcionários, as organizações podem seguir o caminho de desenvolvimento e planejamento de ações que contribuam positivamente para dar assistência, debater e prevenir que doenças emocionais alterem a rotina corporativa de todos os envolvidos.


Criar um programa de estratégias com o setor de recursos humanos é uma opção efetiva de estabelecer uma visão mais antenada às questões ligadas à saúde mental no ambiente de trabalho.


Quer saber mais? Então, aproveite e fique mais um pouco aqui no nosso blog para ler o artigo “Depressão no trabalho: entenda os sinais e tratamentos”.


Conheça a GRS+Núcleo


Queremos saber: sua empresa investe em soluções relacionadas a saúde mental e bem-estar para seus colaboradores?


Boa saúde, bons negócios. Conte com a GRS+Núcleo para desenvolver gestão de saúde integrada e completa para sua empresa. Há mais de 20 anos, trabalhamos para promover uma visão focada na elaboração de métodos, soluções e estratégias que valorizem o maior patrimônio do ser humano: a saúde.


Para nós, cuidar das pessoas de forma integrada no âmbito empresarial é um processo indispensável para obter resultados positivos e viabilizar uma otimização na gestão e na economia das empresas.


Entre em contato com a GRS+Núcleo e conheça nossos serviços.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo